En la actualidad se habla mucho de la importancia que tiene, en todos los aprendizajes – especialmente, cuando se trata del nivel inicial -, la experiencia directa de los alumnos con el tema u objeto de estudio...
Um olhar… Um escutar… Quando Laura Longo me procurou para mostrar seu projeto “Divertimentos” para piano, seus olhos brilhavam de alegria e expectativa...​
O livro “Divertimentos” de autoria da professora Laura Longo é um excelente trabalho construido de uma forma progressiva e com estratégias didáticas pedagógicas bem claras e precisas...​
“Divertimentos” é um livro muitíssimo bem realizado pela professora e compositora Laura Longo. Foi um verdadeiro divertimento tocar essas canções graciosas...​

Tema e Variações

Laura Longo

Instituto Piano Brasileiro

Nana Papai

Aconteceu "Criação Musical da Criança"

QUER SABER MAIS? Enviar Mensagem? Entrar em contato?

DEPOIMENTOS

LauraLongo.Divertimentos

O livro “Divertimentos” para piano, de Laura Longo, se destaca por sua funcionalidade. Nele, cada peça, cuidadosamente criada com total atenção às competências técnico-musicais, permite ao aluno explorar a sonoridade do piano, sua extensão, estimulando seu desenvolvimento musical amplo e criativo desde o primeiro contato com o instrumento. Os aspectos gestálticos das obras, como “Ondas”, Pantufinhas” e “Barcarola”, proporcionam uma rápida memorização da topografia do teclado, criando maior intimidade e liberdade para o aluno em sua performance musical. Os padrões rítmicos, melódicos e harmônicos bem definidos, como na peça “Arco-íris”, por exemplo, facilitam a rápida assimilação e aprendizagem das músicas, ideais para serem aprendidas por imitação. Tais padrões ainda possibilitam o trabalho de leitura à primeira vista com alunos que já dominam o código de notação tradicional. Além da riqueza e diversidade musicais encontradas em todo o material, Laura ainda traça variadas atividades de criação a partir do estudo de cada peça, trazendo dinamismo e diversão às aulas, proporcionando amplas e sólidas vivências musicais, a inter-relação professor e aluno e o compromisso em estimular o “fazer musical” criativo desde a fase inicial da aprendizagem pianística!

Eduardo Barros

-